Capa da edição de número 17

Na 17.ª edição, via Abertura dos Portos, o aporte de suíços e austríacos ao conhecimento do Brasil. Testemunhos pictóricos, textuais e musicais, e a preservação de espécimes recolhidos a museus daqui e do exterior, demonstram a mestria e sensibilidade de observadores, revelando ao mundo o alvorecer do país e os encantos de sua natureza e seu mestiço povo, receptivo a pessoas e ideias – de Leopoldina, Neukomm, Ender, Natterer, Tschudi, Schüch a Freud, Piaget, Zweig, Carpeaux, Weissmann e outros.

pdfAno VI nº 17 - Julho-Setembro 20114.25 MB

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar